Make your own free website on Tripod.com

Jöns Jacob Berzelius

Berzelius nasceu em Linköping, na Suécia, em 20 de agosto de 1779 e faleceu em Estocolmo, em 7 de agosto de 1848. Foi considerado um dos fundadores da química moderna, especialmente notado pela determinação de pesos atômicos de vários elementos, pelo desenvolvimento dos símbolos químicos modernos, pela teoria eletroquímica, pelo descobrimento e isolamento de vários elementos, pelo desenvolvimento de técnicas analíticas clássicas e por suas investigações em isomerismo e catálise, que tiveram seus nomes por ele fornecido. Foi estritamente experimentalista e insistia que qualquer nova teoria deveria ser consistente com a somatória do conhecimento químico.               

Aproximadamente em 1807, Berzelius iniciou suas análises sobre a composição das substâncias químicas. Trabalhando em seu tempo livre e com instrumentos de laboratório mais parecidos com utensílios de cozinha e técnicas de sua própria improvisação e desenvolvimento, estudou cerca de 2000 compostos num período de 10 anos. Utilizou oxigênio como base de referência para os pesos atômicos e outros elementos e foi guiado pela lei das proporções múltiplas, teoria atômica, os princípios de isomerismo  e a Lei de Gay-Lussac da combinação de volumes. Sua tabela resultante de proporções combinadas e pesos atômicos, publicada em 1818 e revisada em 1826, possuía um considerável grau de precisão. 

Neste ínterim, Berzelius iniciou experimentos sobre a eletrólise de várias soluções. Este estudo levou à sua Teoria Eletroquímica Dualística, onde os compostos eram feitos de dois componentes eletricamente deferentes (um positivo e outro negativo). Em sua tentativa de estender esta hipótese e incluir também os compostos orgânicos, contribuiu para o fundamento da teoria radicalar. 

Berzelius descobriu os elementos Césio (1803), selênio (1817) e tório (1828). Isolou o silicone (1823), zircônio (1824) e titânio (1825); classificou os minerais em uma base química, e realizou estudos detalhados sobre os compostos telúrio, vanádio, molibdênio, tungstênio, urânio, entre outros. Algumas vezes denominado como o pai da análise gravimétrica, introduziu o uso do banho de água, do dessecador, da pisseta, do papel de filtro, da bagueta de borracha e melhorou a técnica de moldagem em vidro. 

Publicou mais de 250 artigos originais, a maioria em sueco,  na "Transactions of the Stockholm Academy". Seus reportes em química e física, e seu livro-texto em química, que tiveram cinco editores e foram traduzidos para alemão e francês, influenciaram grandemente o desenvolvimento da química em seu tempo.

Voltar à galeria