Make your own free website on Tripod.com

Jean-Baptiste Fourier

Jean-Baptiste Fourier

(1768 - 1830) Matemático, professor e burocrata público francês, nascido em Auxerre, conhecido pela elaboração das famosas séries de Fourier e as notáveis contribuições no campo da egiptologia. Filho de um alfaiate e educado numa escola de monges beneditinos onde desde cedo demonstrou seus dotes matemáticos. Teve participação ativa na revolução francesa (1789), cujos ideais o atraíram para a política. Tornou-se professor de matemática seguidamente na École Militar de Auxerre, na recém-criada École Normale (1795) e finalmente na École Polytechnique (1796). Junto com Monge, patrocinado oficialmente, entrou para a Legião da Cultura de Napoleão (1798), acompanhou Napoleão Bonaparte ao Egito, onde dedicou-se à pesquisa arqueológica e, por isso, foi nomeado (1798) secretário do Institut d'Egypte, fundado por Napoleão no Cairo, e escreveu Description de l'Egypte.

 Voltando à França exerceu vários cargos públicos, por exemplo, prefeito de Grenoble (1802), e começou a escrever enfaticamente sobre matemática. Com a queda de Napoleão, deixou a política e limitou-se à vida acadêmica em Paris, como membro de várias sociedades científicas. 

Condecorado com o título de barão (1809) ganhou um prêmio da Académie por um ensaio sobre a teoria matemática da condução do calor (1812). Também formulou um importante método para análise de funções periódicas. Entrou para a Académie des Sciences (1817), tornando-se depois seu secretário perpétuo (1822), ano em que publicou o seu célebre Théorie analytique da la chaleur (1822), onde demonstrou que a condução do calor em corpos sólidos poderia ser expressa por séries matemáticas infinitas. As séries de Fourier assim obtidas aplicam-se a grande número de problemas físicos e matemáticos, inclusive como base das operações em mecânica quântica.

Voltar à galeria