Make your own free website on Tripod.com

Joseph-Louis Gay-Lussac

(1778 - 1850) Químico e físico iluminista francês, natural de Saint-Léonard-de Noblat, próximo a Limonges, pioneiro nas pesquisas sobre o comportamento das substâncias em estado gasoso. Entrou na Escola Politécnica aos 19 anos de idade, onde abandonou os estudos de engenharia para se dedicar a pesquisas químicas, com o apoio de dois grandes filósofos: Claude-Louis Berthollet e Pierre-Simon Laplace. Pioneiro em observações científicas com balões, que o levou a pesquisas sobre as propriedades das combinações com gases, auxiliado pelo célebre cientista Alexander von Humbold, com quem conseguiu determinar com precisão a composição volumétrica da água. Rival de Humphrey Davy, suas pesquisas sobre a dilatação dos gases foram decisivas para a evolução da teoria atômica de John Dalton.

 Nomeado professor de química na École Polytechnique (1802) formulou a lei da dilatação dos gases, enunciou a lei das combinações gasosas (1805), e descreveu as leis básicas das reações químicas entre gases em A combinação dos gases (1808). Depois isolou o elemento boro com Louis Thenard (1809) e enunciou da lei da combinação dos volumes ou lei de Gay-Lussac, onde para pressão constante a relação entre volumes é igual a relação entre temperaturas (1811). Na mesma época, Dalton lançou uma teoria que relacionava pesos e não volumes. Posteriormente, o físico italiano Amedeo Avogadro demonstrou como os resultados se conciliavam. Foi diretor de Saint-Gobain, ligado igualmente à sociedade industrial Mulhouse.

Voltar à galeria