Make your own free website on Tripod.com

Antoine-Laurent Lavoisier

(1743 - 1794) Cientista, físico e químico experimental, funcionário público e político francês nascido em Paris, considerado o maior cientista da história da química. Filho de um próspero comerciante, iniciou seus estudos no Colégio Mazarino. Seu primeiro cargo público foi como membro da Ferme Générale, primeiro organismo de arrecadação de impostos; ocupou o cargo de inspetor-geral da fabricação de pólvora. Dedicado ao mesmo tempo à política e à ciência, foi premiado pela Académie des Sciences com a medalha de ouro por seu relatório sobre o melhor sistema de iluminação para Paris (1765), para a qual foi eleito membro (1768). Descobriu a composição do ar e demonstrou que ele era formado basicamente por dois gases: oxigênio e nitrogênio (1777), a composição do gás carbônico (1781) e, em colaboração com o cientista Pierre-Simon de Laplace, provou experimentalmente que a respiração animal era uma forma de combustão interna dos tecidos sob a ação do oxigênio. 

Obteve o hidrogênio por ação do ferro em vapor d’água (1783), criou o termo oxigênio (1783) para denominar um gás que provocava as variações de peso sofridas pelos corpos quando queimados. No ano da tomada da Bastilha publicou Traité élémentaire de chimie (1784), onde estavam estabelecidas as bases de toda a química moderna, marcando o nascimento da química tal qual hoje a conhecemos. 

Também com Pierre Laplace inventou um calorímetro de gelo (1784). Conseguiu eliminar da Química a teoria do flogístico da combustão metálica (1787), onde o flogístico ou flogisto era um fluido hipotético imaginado pelos químicos da época para explicar a combustão. Neste mesmo ano publicou Méthode de nomenclature chimique, com a colaboração dos também franceses Louis Bernard Guyton de Morveau, Antoine de Fourcroy e Claude Louis Berthollet, seus contemporâneos, propondo uma nova nomenclatura química sistemática e racional para esta ciência, com base nos conceitos de substâncias e suas composições, misturas (definido anteriormente por Boyle), elementos, etc. 

Enunciou a lei da conservação das massas nas reações (1789), fundamental na história da química, e identificou a noção de elemento como aquela substância que não pode ser decomposta pela ação de processos químicos e publicou uma tabela com 31 elementos químicos (1790). Não conheceu a diferença entre átomo e molécula, mas desenvolveu a teoria dos ácidos. Suplente de deputado nos Estados Gerais (1789), após a revolução francesa (1784), foi nomeado sucessivamente membro da comissão incumbida de estabelecer o novo sistema de pesos e medidas e secretário do Tesouro. Escreveu De la richesse territoriale du royaume de France (1789), tratado sobre economia e distribuição da riqueza. Por causa de sua função de ex-coletor de impostos do rei, foi preso (1793), condenado pelo governo da revolução e executado na guilhotina (08/05/1794). Em fração de segundos estava estupidamente ceifada uma das maiores mentes científicas da história da humanidade.

Voltar à galeria