Make your own free website on Tripod.com

Georg Simon Ohm

(1787 - 1854) Físico, químico, e professor alemão, nascido em Erlangen, descobridor dos fundamentos da eletrocinética, que estuda as correntes elétricas em movimento. Filho de um próspero serralheiro e admirador da matemática e também pesquisador em acústica. Formado em física pela Universidade de Erlangen (1813) tornou-se professor em Bamberg, ensinou física e matemática em Colônia (1817) e na Escola de Guerra de Berlim (1826). Logo se revelou um hábil pesquisador desenvolvendo experiências com instrumentos que ele mesmo fabricava. Depois de estudar na Universidade de Erlangen, passou a ensinar matemática no Colégio Jesuíta de Colônia. Experimentou (1820-1827) e descobriu as leis que regem a condução de energia elétrica, os materiais condutores, semicondutores e as resistências, relacionando potencial, resistência e corrente elétrica, publicadas em Die galvanische Kette mathematisch bearbeitet (1827), demonstrando que, num circuito, a corrente é diretamente proporcional à força eletromotriz total do circuito e inversamente proporcional à sua resistência total: I=E/R ou E=RI e a perda V=RI, a  lei de Ohm. 

Comprovou o fenômeno da polarização das pilhas (1830) e passou a ser professor de física da Escola Politécnica de Nuremberg (1833). Ganhou uma medalha Copley da Royal Society de Londres (1841) pelo seu trabalho, na qual foi membro estrangeiro. Assumiu a cadeira de física experimental da Universidade de Munique (1849), onde ficou até sua morte. Estudou a interferência dos raios luminosos polarizados nas lâminas cristalinas (1852). O seu nome ficou associado a unidade de resistência.

Voltar à galeria