Make your own free website on Tripod.com

 

É famosa a foto acima, com um dos mais renomados cientistas do século XX mostrando uma respeitável língua a um fotógrafo, com um semblante aparentemente nada preocupado com as conseqüências que este ato certamente acarretaria. Einstein é mais conhecido por sua língua que pela Teoria da Relatividade!

Mas estaria este gênio da ciência realmente ficando louco como cogitavam alguns? Teria ele sido abduzido e os ET's feito experiências com sua língua, e ele queria nos mostrar que realmente já fizemos contato?

Na época em que esta foto foi tirada Einstein estava envolvido nos estudos de energia nuclear. Ele estava certo quanto à quantidade de energia que poderia ser gerada pela colisão ou pelo quebramento de núcleos atômicos.

Ao contrário do que dizem alguns, Einstein tinha plena consciência de que havia a intenção de utilizar a energia nuclear para fins militares, pois era o Ministério da Defesa americano que arcava com os custos das pesquisas; ele só não contava com dois fatos: o primeiro é que viesse a estourar uma Segunda Guerra Mundial e o segundo é que em algum dia essa energia fosse realmente utilizada para fins de destruição em massa. Ele também conhecia bem os efeitos da bomba de hidrogênio (ou bomba H).

Einstein enviava freqüentemente cartas ao presidente Roosevelt informando-o sobre o progresso do projeto e solicitando recursos humanos ou instrumentais quando necessário. Também solicitava materiais radioativos e informava de seus efeitos.

Porém a primeira bomba de hidrogênio foi lançada sobre o inimigo japonês em 1945, sobre a cidade de Hiroshima. A partir de então, Einstein passou a considerar o estudo da energia nuclear para fins militares o maior erro de sua vida.

Sentindo-se culpado, Einstein enviou uma carta ao presidente solicitando que os ataques nucleares fossem suspensos imediatamente, visto que seus efeitos eram "maiores do que os previstos". Mas o Japão estava acuado e a popularidade do presidente aumentava com a perspectiva do fim da guerra. Então Einstein chamou a atenção da mídia e do povo americano, solicitando que a população enviasse cartas ao presidente pedindo o fim dos ataques nucleares.

Mas a população e a mídia americana estavam empolgadas com os discursos dos militares sobre o fim da guerra, e pela forma como os méritos eram atribuídos à bomba H, desenvolvida pelo grande cientista Albert Einstein.

A foto foi tirada durante uma entrevista que Einstein dava à imprensa a fim de divulgar sua campanha contra o uso da energia nuclear contra a humanidade. Foi no momento em que ele respondia à seguinte pergunta de um dos repórteres: "O Presidente dos Estados Unidos nos oferece a paz em troca do uso da bomba; o que o senhor tem a oferecer à população americana em troca da paz?". Foi então que Einstein, mostrando a língua ao repórter e ao fotógrafo, respondeu: "Ofereço minha língua, para que eles passem os selos!".

Adaptado por A. Krell